Datena fala, ao vivo, em seu programa
Reprodução/Instagram
Datena fala, ao vivo, em seu programa

O apresentador de televisão José Luiz Datena (PSC) afirmou nesta quinta-feira que vai desistir de disputar a eleição ao Senado por São Paulo neste ano. O anúncio foi feito nesta tarde durante o seu programa Brasil Urgente, na Band.

É a quarta vez que Datena abre mão de concorrer a cargos na política. Nas três últimas eleições, ele desistiu de concorrer a senador, prefeito e vice-prefeito .

Horas antes do anúncio de Datena, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que estava "fechado" com o apresentador. Datena disputaria o Senado na chapa do ex-ministro Tarcísio Freitas (Republicanos), candidato bolsonarista na corrida ao governo paulista.

"Estou como Datena lá, fechei com o Datena. Está em um outro partido. Tem críticas, assim como tem gente que critica o Tarcísio, critica a mim", disse o presidente.

Ao fazer o comunicado, Datena fez uma deferência ao presidente:

"Queria deixar a minha palavra de carinho para com o Presidente da República que hoje de manhã deu uma declaração que tinha me escolhido como candidato de São Paulo. E foi isso mesmo que foi acordado, mas eu pensei bem e resolvi seguir o meu caminho. Mas obrigado a ele por ter confirmado o acordo que aconteceu, não foi por parte dele que não deu certo", afirmou.

A pré-candidatura de Datena foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) no dia 15 de maio, em São Paulo, durante almoço na casa do ex-presidente da Fiesp, Paulo Skaf. Datena, que esteve presente no almoço e discursou aos presentes, afirmou ao GLOBO que só não seria candidato "se morresse" ou se Bolsonaro e Tarcísio desistirem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários