Manifestantes se concentraram na Av. Paulista na tarde deste domingo
Reprodução/Twitter
Manifestantes se concentraram na Av. Paulista na tarde deste domingo

O ato de apoio a Jair Bolsonaro, realizado neste domingo (1º) na Avenida Paulista, em São Paulo, com a participação de lideranças evangélicas, dos ex-ministros Marcos Pontes e Ricardo Salles, teve a participação do presidente por meio de um vídeo.  Bolsonaro ressaltou que a manifestação era pacífica e em "defesa da Constituição, da família e da liberdade". E disse ser um chefe de um governo que "acredita em Deus, respeita seus militares, defende a família e deve lealdade a seu povo".

"Eu irei onde vocês estiverem. Estarei sempre ao lado da população brasileira. gradeço ao criador pela minha vida e a vocês por terem me ofertado essa missão de conduzir o destino do Brasil, porque o bem sempre vence o mal", disse.

Faltando meia hora para o início do evento, nas imediações do Museu de Arte de São Paulo (Masp), três quarteirões da avenida Paulista já estavam tomados pelos manifestantes.

Três carros de som visíveis desde o parque Trianon revezam discursos de apoiadores do presidente, entre eles deputados candidatos à reeleição e ex-congressistas.

Entre cartazes e palavras de ordem proferidas, os pedidos mais repetidos eram os de liberdade para o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) e pelo impeachment do ministro do STF Alexandre de Moraes. Muitos cartazes, alguns inclusive em inglês, condenam o que acreditam ser a existência de "presos políticos" conservadores e de uma "ditadura do Judiciário".

Leia Também

O deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado a oito anos e nove meses de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por ataque à democracia e incitação de violência contra juízes da Corte, e depois indultado por Bolsonaro, é aguardado e deverá subir ao palanque às 17h.

Filha de Roberto Jefferson, a ex-deputada Cristiane Brasil, cantou parte do hino nacional e anunciou a articulação de uma "apuração paralela" para as próximas eleições, alimentando o discurso de desconfiança em relação ao TSE e às urnas eletrônicas, temas comuns a vários pronunciamentos de apoiadores do presidente que tomaram o microfone no carro de som principal da manifestação, em frente ao MASP.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários