Rodrigo Garcia
Reprodução 04/04/2022
Rodrigo Garcia

Após se tornar a maior bancada da Assembleia Legislativa de São Paulo por causa da entrada de bolsonaristas durante a janela partidária, o PL vê uma parte de seus parlamentares definir apoio à reeleição do atual governador Rodrigo Garcia (PSDB). Um encontro para selar a adesão será realizado na noite desta terça-feira na cidade de Suzano, na região metropolitana de São Paulo.

A expectativa é que sete dos 17 deputados estaduais do partido do presidente Jair Bolsonaro participem do evento. Devem ainda aderir ao tucano dois deputados federais, 30 prefeitos e cerca de 80 vereadores.

O candidato ao governo de São Paulo de Bolsonaro será o ex-ministro da Infra-Estrutura Tarcísio Gomes de Freitas. Tarcísio tinha convite do PL, mas na última hora optou por se filiar ao Republicanos. Oficialmente, o partido apoiará o ex-ministro, apesar das dissidências nas bancadas estadual e federal.

O PL participava do governo estadual. O ex-ministro Antonio Carlos Rodrigiues comandava até o fim do mês passado uma das diretorias do Departamento de Estardas de Rodagem (DER). As prefeituras do partido têm sido contempladas por convênios do governo estadual.

Leia Também

Entre os deputados estaduais bolsonaristas que ingressaram no PL durante a janela partidária estão Gil Diniz, conhecido como "Carteira Reaça", e Frederico D´Ávila.

No plano federal, entraram no PL de São Paulo, entre outros, o filho do presidente Eduardo Bolsonaro e a deputada Carla Zambelli, que íntegra dda tropa de choque do governo no Congresso.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários