Renata Abreu soube de desligamento de Moro pela imprensa
Cristiano Mariz / Agência O Globo
Renata Abreu soube de desligamento de Moro pela imprensa


A presidente do Podemos, a deputada federal Renata Abreu (SP), divulgou uma nota nesta quinta-feira em que afirma que a executiva da legenda e seus parlamentares só souberam da migração de  Sergio Moro  para o União Brasil por meio da imprensa e que o partido "jamais mediu esforços para garantir ao presidenciável uma pré-campanha robusta".  O ex-ministro confirmou, em nota, que abriu mão da pré-candidatura a Presidência para se filiar ao União Brasil.

"Para a surpresa de todos, tanto a Executiva Nacional quanto os parlamentares souberam via imprensa da nova filiação de Moro, sem sequer uma comunicação interna do ex-presidenciável", declarou a presidente do Podemos.


Leia Também

No texto, Renanta Abreu afirma que ofereceu a Moro "toda retaguarda necessária" para deslocamentos em segurança pelo país com "total garantia de recursos para sua futura campanha eleitoral". "O Podemos não tem a grandeza financeira daqueles que detém os maiores fundos partidários, como é sabido por todos. Mas tem a dimensão daqueles que sonham grande, com a convicção de que o projeto de um Brasil justo para todos vale mais do que o dinheiro", disse a deputada federal.

A presidente do Podemos também ressaltou que "foi mais de um ano de conversas" até a filiação de Moro ao Podemos, "sempre respeitando seu momento de vida profissional e pessoal e trabalhando para oferecer ao Brasil uma esperança contra a polarização dos extremos".

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários