Pesquisa aponta influência das fake news nas eleições
O Antagonista
Pesquisa aponta influência das fake news nas eleições

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (26) aponta que 60% dos entrevistados acham que fake news podem influenciar muito o resultado das eleições de outubro. Outros 22% acreditam que as notícias falsas vão impactar pouco, 15% dizem que não vão interferir, e 3% não souberam responder.

Na faixa etária de 16 a 24 anos, 88% acreditam na influência das fake news no pleto deste ano.Nesse segmento, 98% têm conta em ao menos uma plataforma. No grupo de entrevistados acima de 60 anos, o percentual de quem acha que a desinformação pode influenciar no resultado cai para 76%. Entre eles, 57% estão registrados em alguma rede social.

No total, 84% dos entrevistados têm conta em alguma plataforma digital: WhtasApp (82%), Facebook (61%), Instagram (56%), tikTok (30%), Telegram (20%) e Twitter (16%).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

A pesquisa entrevistou 2.556 pessoas acima de 16 anos, na terça e quarta-feira, em 181 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE com o número BR-08967/2022.

O Datafolha também perguntou sobre a suspensão de aplicativos de mensagem em caso de desobediência a decisões judiciais para evitar a divulgação de notícias falsas. Segundo pesquisa, 51% dos brasileiros são favoráveis à suspensão, enquanto 43% se disseram contra. Outros 3% se disseram indiferentes e 3% não souberam responder.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários