Bolsonaro critica imprensa e Congresso:
Reprodução
Bolsonaro critica imprensa e Congresso: "Estão me esculhambando"

O presidente Jair Bolsonaro (PL) rebateu nesta quinta-feira (27) críticas que recebeu pelos cortes no Orçamento e jogou a responsabilidade para o Congresso, dizendo que parlamentares "inflaram" as despesas além do tamanho das receitas e que ele foi obrigado a vetar parte do texto.

A declaração foi feita em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada. Bolsonaro comentou que foi criticado por cortar R$ 38 milhões que seriam destinados para Santa Catarina, mas ressaltou que os vetos em todo o Orçamento foram de R$ 3 bilhões.

"Parte da imprensa de Santa Catarina está batendo em mim porque eu cortei R$ 38 milhões do Orçamento de Santa Catarina. Eu cortei R$ 3 bilhões do Brasil todo. O Parlamento fez um Orçamento além da previsão da Receita, sou obrigado a cortar", disse o presidente.


Bolsonaro acrescentou que o Orçamento será "recomposto" ao longo do ano, já contando com uma arrecadação de impostos acima do previsto.

"Estão me esculhambando em Santa Catarina porque eu cortei R$ 38 milhões. Mas a gente vai recompor ao longo do ano, porque tem excesso de arrecadação. Mas é impressionante a crítica. Por que não criticou os parlamentares que inflaram o Orçamento?"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários