Jair Bolsonaro
Reprodução
Jair Bolsonaro

Durante a manhã desta terça-feira (7), enquanto conversava com seus apoiadores no na saída do Palácio do Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro criticou prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, por decretar a exigência do passaporte da vacina. 

"Pessoal não deu bola para as eleições de prefeito e governador. No Rio de Janeiro com, Eduardo Paes, apoiei discretamente o (Marcelo) Crivella. Botaram um monte de defeito. Votaram no Paes, que é um 'santo', e olha como está o Rio, exigindo cartão de vacina", afirmou Bolsonaro.

Na última quinta-feira (2), a prefeitura do Rio ampliou a lista de locais que passarão a exigir o comprovante vacinal contra Covid-19. O chamado 'passaporte da vacina' deverá ser apresentado em shoppings, restaurantes, bares, lanchonetes, hotéis, salões de beleza e transportes individuais, como táxis e aplicativos.

Essas novas medidas foram adotadas com o objetivo de conter a nova variante da Covid-19, Ômicron, principalmente neste momento de alta temporada de turismo.

Leia Também

Bolsonaro é crítico em relação à exigência de comprovante de vacinação contra a Covid-19. Mesmo estando apto para se vacinar desde abril, o atual presidente decidiu não receber a imunização contra a Covid-19.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários