Leite diz que uso político da vacina contra covid-19 é
Reprodução
Leite diz que uso político da vacina contra covid-19 é "oportunista e mesquinho"

Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul,  convocou uma coletiva de imprensa - na última quinta-feira (18) - para se posicionar sobre as acusações de que teria atuado para adiar o início da vacinação contra a covid-19 no Brasil. Segundo o mandatário, trata-se de tentativa "oportunista" de fazer uso político da imunização.

"Este novo uso eleitoral, politico, da vacina é absolutamente indevido. Não é apenas injusto, é imoral, oportunista, antiético. Além de tudo é mesquinho. Nitidamente está também vinculado a uma perspectiva de vitória nas prévias do PSDB", opinou o gaúcho.


De acordo com o governador, seus adversários nas prévias do PSDB - que irão definir o candidato tucano às eleições presidenciais - buscam evitar sua vitória com "factoides", que tem como objetivo distorcer a situação para ganhos eleitorais. "Nunca pediria que se adiasse vacinação no Brasil", ressaltou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários