Gilmar diz que Moro e Dallagnol 'demonizaram o poder para se apoderar dele'
Reprodução/Flickr
Gilmar diz que Moro e Dallagnol 'demonizaram o poder para se apoderar dele'

Gilmas Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), utilizou as suas redes sociais nesta sexta-feira (05) para opinar sobre as  prováveis candidaturas políticas de Sergio Moro e Deltan Dallagnol. Segundo o magistrado, havia "'método claro" na atuação de ambos que envolvia a demonizaçãodo poder para poder se apoderar do mesmo. Confira o tweet:


O decano afirmou que alerta "há alguns anos para a politização da persecução penal" através da "seletividade, os métodos de investigações e vazamentos". Para o jurista, "tudo convergia para um propósito claro".

"Demonizou-se o poder para apoderar-se dele. A receita estava pronta", afirmou o ministro da Suprema Corte.

Leia Também

Em seu twitter, na última segunda-feira, Deltan havia publicado que está de saída do Ministério Público para "fazer melhor e fazer diferente diante do desmonte do combate à corrupção que está acontecendo" no país.


Ambos - Moro e Dallagnol - se filiarão ao Podemos e é provável que ambos disputem as eleições do próximo ano. O ex-juiz fará parte da corrida ao Palácio do Planalto, enquanto o ex-procurador deve se candidatar a uma vaga na Câmara dos Deputados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários