Jair Bolsonaro e Paulo Marinho
Reprodução
Jair Bolsonaro e Paulo Marinho

Em entrevista na rádio Joven Pan nesta quarta-feira (27), Bolsonaro se irritou  com provocação feita por André Marinho, que questinou sobre condenação de políticos envolvidos em esquemas de rachadinhas. Em tom irritado, o presidente acusou o pai do entrevistador de desejar o cargo do senador Flávio Bolsonaro.

Curiosamente, André Marinho não cita nomes quando fala em "rachadinhas". Ao responder Bolsonaro, Paulo Marinho, pai de André, lembra de Gustavo Bebianno, ex-apoiador e ministro de Bolsonaro e morto em março de 2020. 

"Marinho você sabe que eu sou presidente da República e eu respondo sobre meu atos, então não vou aceitar provocação tua [...] O teu pai é o maior interessado na cadeira de Flávio Bolsonaro", disse o presidente. Confira a resposta na íntegra:

Em resposta a acusação feita, Paulo Marinho, pai de André, publicou um vídeo para o presidente. Marinho diz ter ficado surpreso com a maneira que Bolsonaro tratou seu filho e que acusação é "ladainha". 

Leia Também

Ele também relembrou de Gustavo Bebiano, ex-ministro do governo Bolsonaro que morreu em decorrência de um infarto. "Quando estiver chorando no banheiro, lembre do Bebianno. Ele não lhe esqueceu", disse Marinho. 


Citado na discussão, Flávio Bolsonaro foi denunciado em outubro de 2020 por lavagem de dinheiro no esquema das rachadinhas. Em setembro deste ano, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ)  adiou pela terceira vez o julgamento do senador. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários