Flávio Bolsonaro
Reprodução
Flávio Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) afirmou, nesta sexta-feira (15), que Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, deveria "sentir vergonha" de  indiciar o presidente Jair Bolsonaro por 11 crimes cometidos durante a pandemia. 

A declaração de Flávio veio logo após Renan confirmar que a CPI da Covid indiciará Bolsonaro e Pazuello. O parlamentar divulgou uma lista de possíveis crimes cometidos pelo mandatário durante a pandemia. Bolsonaro seria indiciado por 11 crimes, e Pazuello por 7. 

Em entrevista para a CNN, o senador apontou uma possível politização exagerada por parte da CPI e daqueles que não estão "nem aí para o Brasil e só pensam em criticar o presidente Bolsonaro". 

"Não adianta querer achar um responsável. Quando o Renan Calheiros bota em seu relatório uma tentativa de indiciar o presidente por genocídio, ele tinha que ter vergonha disso. O Renan Calheiros não está nem aí para população, ele está pensando em 2022", disse Flávio. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários