PF apresentou pedido de segurança para as urnas ao Senado
Antonio Augusto/ Ascom TSE
PF apresentou pedido de segurança para as urnas ao Senado

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) inciou nesta segunda-feira (11) os testes de segurança das urnas eletrônicas para as eleições em 2022. O Teste Público de Segurança (TPS) é mais uma medida para garantir o bom funcionamento das próximas eleições. 

A corte optou por iniciar os testes antecipadamente devido aos ataques do presidente Jair Bolsonaro ao método utilizado. O processo teve início na última semana, com a abetura do código-fonte do sistema eleitoral

Daqui em diante, 39 especialista ficarão responsáveis por se aprofundar no código para elaboração de um plano de proteção ao sistema. Ele devem mapear as vulnerabilidades do sistema de votação para “fortalecer a confiabilidade, transparência e segurança”, segundo o TSE.

O sistema de votação eletrônico é usado no país há 25 anos e desde 2009 testes de segurança são realizados um ano antes das eleições para garantir que não haverá fraudes. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários