João Doria
Flickr/Governo do Estado
João Doria



O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), inaugurou nesta quinta-feira (7) o centro de reabilitação da Rede Lucy Montoro de Diadema, na região do Grande ABC. A unidade tem capacidade para mais de 3,2 mil atendimentos por mês e receberá investimento superior a R$ 37 milhões do Governo de SP para custeio dos primeiros cinco anos de funcionamento.

“Estamos avançando neste programa e aqui vamos atender 500 pessoas por semana. Quando se investe em Saúde, se investe na vida. E é isso o que estamos fazendo aqui”, destacou Doria.

Esta é a 19ª unidade da Rede Lucy Montoro em todo estado. O centro de reabilitação de Diadema tem capacidade de realizar 3.250 sessões terapêuticas e consultas por mês às pessoas com deficiência visual e física, ofertando serviços nas especialidades de educação física, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, ortopedia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional e serviço social.

Além disso, todos os meses serão realizadas 420 consultas nas especialidades de oftalmologia e fisiatria e mais de 70 tecnologias assistivas, como órteses, próteses e meios de locomoção. No total, 45 profissionais vão prestar atendimento na unidade.

Leia Também

“Não se faz saúde sem recurso e é exatamente isso q está sendo feito aqui, para que possamos fazer consultas, orteses, próteses, fisioterapia, reabilitação, robótica. As pessoas precisam, as pessoas merecem. Nós precisamos colocar esse respeito investindo, dando recurso para que as pessoas possam se sentir acolhidas”, destacou o Secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn.


O serviço contará com equipamentos de tecnologia robótica não previstos no rol de equipamentos financiados pelo Ministério da Saúde, como robôs Lokomat e Armeo-power, que serão utilizados no tratamento de membros inferiores e superiores, respectivamente. Os pacientes serão encaminhados via Cross (Centro de Regulação de Ofertas e Serviços da Saúde).

“Quando você reabilita uma pessoa com deficiência, você traz essa pessoa à vida novamente e uma vida com qualidade, liberdade, respeito e dignidade. É o que estamos trazendo hoje às pessoas com deficiência de Diadema”, afirmou a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão.



Investimentos
O valor total do custeio repassado à unidade está assegurado em R$ 37,2 milhões por cinco anos, com valor mensal de R$ 630 mil, sendo que R$ 4,9 milhões serão destinados para equipamentos. Os investimentos incluem ainda R$ 5,9 milhões repassados à Prefeitura de Diadema para as obras concluídas no final de 2019.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários