Manifestação aconteceu na Avenida Paulista; Ciro Gomes foi um dos participantes e foi multado por não usar máscara durante seu discurso
Carlos Eduardo Vasconcellos/iG
Manifestação aconteceu na Avenida Paulista; Ciro Gomes foi um dos participantes e foi multado por não usar máscara durante seu discurso

O governo do estado de São Paulo multou membros do MBL, Ciro Gomes (PDT), João Amoêdo (Novo), Joice Hasselmann (PSL) e outros por não usarem máscara durante o a to ocorrido neste domingo (9) a favor do impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

O governador João Doria participou do protesto; no entanto, não tirou a máscara em nenhum momento, nem mesmo durante seu discurso. O ato, organizado pelo MBL e Movimento Vem Pra Rua, teve adesão de grupos de centro-direita à centro-esquerda; o PT, porém, não aderiu à manifestação, já que o ato tinha como pauta também críticas à legenda, a Lula e em favor de uma 'terceira via'.

Segundo a coluna Painel , da Folha de S, Paulo , nove autoridades foram multadas: Ciro, Amoêdo, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), o vice-presidente da Câmara Marcelo Ramos (PL), os deputados Joice Hasselmann (PSL) e Júnior Bozzella (PSL), o coordenador do MBL Renan Santos e os deputados estaduais Arthur do Val (Patriota), Heni Ozi Cukier (Novo) e Isa Penna (PSOL).

"O uso de máscaras em locais públicos para prevenção da COVID-19 é obrigatório por meio da Resolução estadual SS 96 que prevê multas de R$ 552,71 por pessoa física. Como ocorre com toda autuação, os interessados podem apresentar recurso. O auto de infração será encaminhado para todos via Correios e descreve as normas previstas na legislação", disse nota do Centro de Vigilância Sanitária à coluna

"Todos os cidadãos, incluindo figuras públicas e políticas, devem zelar pela proteção individual e coletiva. A manutenção das medidas preventivas já conhecidas e preconizadas pelas autoridades sanitárias nacionais e internacionais, que incluem o uso de máscara, seguem cruciais para prevenção contra COVID-19."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários