Homem distribui dinheiro para atos de 7 de setembro
Reprodução
Homem distribui dinheiro para atos de 7 de setembro

O Grupo Jacto, empresa de produtos agrícolas do interior de São Paulo, negou ter qualquer participação nos custos de viagem de uma caravana bolsonarista que viajou para participar do ato a favor de Jair Bolsonaro em 7 de setembro . Não é possível confirmar para qual local a caravana se dirigia.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, compartilhado por famosos como Marcelo Adnet, algumas pessoas recebem dinheiro dentro do ônibus da caravana bolsonarista para participar do ato. É possível ouvir quando uma pessoa diz “Grupo Jacto, que Deus o abençoe".

Em contato com o iG , a empresa afirmou que não contratou nenhum veículo e não tem qualquer participação em atos políticos. Em suas redes sociais, a empresa afirmou que “a respeito do material que está circulando nas redes sociais, o Grupo Jacto esclarece que não patrocinou o envio de manifestantes para os eventos de 7 de setembro. Temos em nosso código de conduta que "a Empresa não apoia candidatos ou partidos políticos de nenhuma corrente doutrinária, seja na esfera federal, estadual ou municipal".

A pessoa que filma a distribuição de dinheiro diz: “Grupo Jacto vem aí. Olha isso, eu achei que era brincadeira, uma camiseta pra cada um, mais o ônibus, R$ 100 pra alimentação. Esse é o nosso Grupo Jacto de Pompéia”.

Outro lado



O iG tentou conversar com a empresa de transporte Santo Antônio Turismo, responsável pela caravana , mas não obteve contato.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários