Da Cunha se filia ao MDB e está apto a disputar as eleições de 2022
Reprodução
Da Cunha se filia ao MDB e está apto a disputar as eleições de 2022

O Delegado Da Cunha, como é conhecido Carlos Alberto da Cunha , finalizou sua filiação ao MDB e encontra-se apto a disputar as eleições do próximo ano. Ainda não há a definição do cargo que o policial disputará. As informações são da jornalista Camila Mattoso.

Atualmente afastado do cargo em decorrência de polêmicas relacionadas às suas ações na internet, como a divulgação de operações e participações em podcasts, Da Cunha tem a pessoas próximas que sua intenção é a de concorrer a uma cadeira na Câmara dos Deputados. Publicamente, porém, o diz que pretende disputar o comando do Palácio dos Bandeirantes.

Em entrevista a Rádio Jovem Pan na última quinta-feira (26), o delegado posicionou-se de maneira 'apartidária' e alegou ter escolhido o MDB pois trata-se de "um local que não está pendendo para as polarizações". "Sou político individual, não partidário. Sou independente".

Carlos Alberto da Cunha desagradou a cúpula da Polícia Civil de São Paulo, no mês passado, após publicar uma foto na cracolândia segurando uma arma. Após o episódio, o policial foi transferido e teve seu distintivo e armas recolidos pela corporação.


No último dia 20, foi revelado um boletim de ocorrência registrado pela advogada Camila Rezende da Cunha - ex-esposa de Da Cunha -, em dezembro de 2016, em que a mesma relata ter sofrido ameaças do delegado, que a ameaçou dar um tiro em seu rosto. Depois da divulgação do documento, Camila prontamente negou ter sofrido qualquer tipo de violência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários