Lula tenta desfazer mal-estar em Pernambuco e diz contar com o PSB nas eleições
Reprodução
Lula tenta desfazer mal-estar em Pernambuco e diz contar com o PSB nas eleições

ex-presidente Lula usou o jantar com a cúpula do PSB de Pernambuco, na noite de domingo, para tentar desfazer o mal-estar criado com o partido pela disputa eleitoral do ano passado. Também destacou a importância de ter a sigla como aliada na eleição presidencial do ano que vem.

O petista argumentou que é necessário contar um partido grande de esquerda em sua coligação para não ficar refém de eventuais alianças que venha a conquistar entre legendas de centro. O PSB tem a nona maior bancada da Câmara, com 31 deputados.

O diretório de Pernambuco exerce forte influência nos rumos do partido. No ano passado, na disputa pela prefeitura de Recife, os dois partidos promoveram um embate duro no segundo turno entre os primos Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB). O duelo, vencido pelo socialista, foi marcado por ataques de ambos os lados.

Você viu?

No jantar, Lula argumentou que tanto Arraes como o ex-governador de Eduardo Campos (1965-2014) já enfrentaram o PT em eleições e nem por isso ele deixou de gostar deles. O mesmo raciocínio valeria agora. Disse ainda que disputas locais não podem impedir os dois partidos de estarem juntos diante da necessidade de derrotar o presidente Jair Bolsonaro em 2022. Sinalizou também o apoio do PT ao candidato do PSB em Pernambuco. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários