Bolsonaro intensifica agenda no Nordeste de olho na reeleição em 2022
Reprodução
Bolsonaro intensifica agenda no Nordeste de olho na reeleição em 2022

Sempre em ritmo de campanha, apesar dos ataques ao sistema eleitoral e as ameaças ao processo e à democracia, o presidente Jair Bolsonaro tem intensificado suas viagens ao Nordeste de olho em 2022. Do fim de 2020 até o início de agosto, Bolsonaro aumentou em 26,6% seus compromissos na região.

Segundo levantamento feito pelo site Metrópoles, o presidente já esteve em todos os estados nordestinos em 2021, tendo participado de mais de 19 eventos, já superando todos os compromissos de março ao final de 2020 - 15.

O estado nordestino mais visitado por Bolsonaro neste ano foi a Bahia, com cinco eventos; na sequência, aparecem Ceará, com três visitas; e Maranhão, Piauí e Rio Grande do Norte, com dois eventos cada.

Em 2018, o Nordeste foi a única região do país em que Bolsonaro perdeu para Fernando Haddad (PT) no segundo turno, por 69% a 30% dos votos. De olho na reeleição, o hoje presidente sabe que precisa ao menos diminuir essa margem, e deverá ter um desafio adicional: Lula.

O ex-presidente petista tem grande simpatia no Nordeste e, segundo as mais recentes pesquisas eleitorais, venceria Bolsonaro no segundo turno do ano que vem. Sem partido, o capitão quer aumentar seu espaço no Nordeste e, para isso, aposta nas viagens frequentes. Até aqui, isso não é refletido em sua popularidade, mas a leitura é de que a  reformulação do Bolsa Família pode impulsioná-lo, garantindo a vitória sobre Lula.

O programa social, inclusive, deve ser rebatizado como ' Auxílio Brasil '. A ideia é desassociar o Bolsa Família de Lula e do PT, aproveitando o sucesso do auxílio emergencial, que já é associado ao governo Bolsonaro, embora tenha surgido no Congresso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários