Apresentador José Luiz Datena ainda não se decidiu se será candidato à presidência, ao governo de São Paulo ou ao Senado
Marcos Corrêa/PR
Apresentador José Luiz Datena ainda não se decidiu se será candidato à presidência, ao governo de São Paulo ou ao Senado

Filiado recentemente ao PSL , o apresentador José Luiz Datena confirmou em entrevista à revista Veja que seu nome estará nas urnas nas eleições de 2022. Cotado como alternativa a Lula e Bolsonaro, ele disse, entretanto, que não sabe ainda se sua candidatura será ao Senado, ao governo de São Paulo ou à presidência. Segundo ele, está nas mãos do partido.

"Isso depende do partido. Eu continuo ancorado com a possibilidade de disputar o senado ou o governo de São Paulo. Por enquanto eu sou apresentado como pré-candidato único do PSL e não tenho medo nenhum de disputar a Presidência da República. Pelo contrário. Cada vez mais se concretiza a possibilidade de que exista mesmo uma terceira via para que o brasileiro tenha mais opções. O Brasil precisa pensar em si, não só em duas pessoas. Lula e Bolsonaro já fizeram o que tinham que fazer pelo Brasil", disse.

Com 7% das intenções de voto, s egundo levantamento divulgado ontem pelo Paraná Pesquisas, Datena ainda especulou uma possível aliança com outro nome da "terceira via": o pedetista Ciro Gomes.

"Sem o Bolsonaro e sem o Lula eu abriria uma vantagem grande sobre o Ciro, que é um candidato muito bom. Na média das pesquisas eu e ele temos 7% cada um. Juntos, 14%. Já pensou numa aliança com o Ciro? (...) Não está afastada nenhuma possibilidade. Para você quebrar a probabilidade de ter uma disputa entre só dois, alguém deve abrir mão."

O apresentador ainda rechaçou a ideia de que ele seria um candidato de direita. Ele afirmou que, como apresentador, aborda mais temas sociais do que policiais e que possivelmente disputaria muitos votos da esquerda com o ex-presidente Lula. "Não tenha dúvida que tem muito cara de esquerda que vota em mim", afirmou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários