Advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, Kakay
Reprodução
Advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, Kakay

O senador Ciro Nogueira (PP-PI), prestes a assumir o Ministério da Casa Civil do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é defendido pelo advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay. Favorável ao pedido de impeachment do mandatário, Kakay considera "arriscada" a ida do senador ao governo Bolsonaro . As informações são da coluna Maquiavel , da revista Veja .

Kakay, crítico ferrenho da gestão Bolsonaro, é signatário do "superpedido" de impeachment protocolado na Câmara, que indica uma lista com 23 crimes que teriam sido cometidos pelo Chefe do Executivo. Além disso, o advogado apontou a prática de crimes de responsabilidade por parte do presidente.

"Defender o Ciro não diminui em nada a minha completa oposição ao governo Bolsonaro. Um governo que faz ode à morte, que é contra os direitos das mulheres e das minorias. É algo inacreditável um homem [Bolsonaro] que elogia a tortura", afirmou Kakay. "Embora a gente não possa banalizar o instituto do impeachment, Bolsonaro tornou-se um serial killer", acrescentou.

O líder do Centrão é alvo de cinco investigações originadas na operação Lava-Jato, sendo duas delas sigilosas . A Polícia Federal apura a suspeita de Nogueira beneficiar empreiteiras. De acordo com o advogado, há improcedência em todos os inquéritos.

Ao iG, Kakay falou sobre o julgamento do deputado Carlos Souza, irmão de Wallace Souza. "Houve uma condenação absurda de quinze anos sem que houvesse nenhuma comprovação de qualquer contato da família Souza com o tráfico. Pelo contrário, eles eram pessoas que acusavam, tanto que a situação chegou a tal ponto que o Wallace, que era líder da família, do programa, não suportou e faleceu em 2010".

O advogado considera o processo contra Carlos Souza muitíssimo fraco e comemora o fim do julgamento. "Acho que hoje é uma vitória da Justiça, porque o julgamento foi extremamente técnico, extremamente duro, mas que acolheu nossa tese de que não havia  absolutamente nenhuma prova de  envolvimento da família com o tráfico. É uma vitoria importante, da necessidade de fazer que o processo penal seja um processo conduzido apenas pelos fatos e com a seriedade e equidistância da Justiça".

Ainda, Kakay disse ao jornal que não está preocupado com a possibilidade de eventuais ataques de apoiadores do presidente comprometerem seu trabalho com o senador. "Por mais que as redes bolsonaristas tenham força junto ao Ciro, a minha advocacia técnica tem mais. Não haverá força nenhuma que possa abalar porque a minha defesa é 100% técnica."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários