Médico de Bolsonaro afastou chance de cirurgia
Reprodução / YouTube
Médico de Bolsonaro afastou chance de cirurgia

No hospital, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) entrou ao vivo no programa "Alerta Nacional", do apresentador Sikêra Jr., na tarde desta quinta-feira (15). O cirurgião gástrico Antônio Luiz Macedo afastou a chance de Bolsonaro precisar passar por uma cirurgia e disse que ele pode receber alta já nesta sexta-feira (16).

O mandatário foi internado na madrugada de ontem em decorrência de uma obstrução intestinal e transferido para a capital paulista, justamente para avaliar a necessidade de um procedimento cirúrgico .

"Cheguei aqui no dia de ontem, com indicativo muito forte para cirurgia , tendo em vista que foi constatada uma obstrução intestinal. Isso tudo aconteceu por causa da facada que eu recebi. Essa obstrução é sempre um risco muito alto, mas graças a Deus de ontem para hoje evoluí bastante esse quadro, então a chance de cirurgia realmente está bastante afastada", disse o presidente.

Macedo afirmou que "o presidente hoje melhorou". "A cirurgia, em princípio, está afastada, uma vez que o intestino começou a funcionar e o abdome está mais flácido e mais funcionante", acrescentou.

"Os barulhos do abdome são bons, os fluidos são bons, e aquela área obstruída, do lado esquerdo [do intestino], fruto de aderências decorrentes de toda essa complicação que ele teve, já está mais permeável, já está mais palpável, mais absorvida e pode permitir a nós a retirada da sonda gástrica enquanto mantendo ainda uma dieta líquida", continuou Macedo, que acompanha Bolsonaro desde o atentado sofrido por ele em setembro de 2018

Na ocasião, o presidente se desculpou por não conseguir cumprir com os compromissos da agenda e, entre eles, a motociata em Manaus, que aconteceria no sábado (17). "Estava previsto para amanhã uma agenda muito extensa em Manaus e, no sábado, uma motociata . Então peço desculpas ao pessoal, é motivo alheio à minha vontade. Vamos deixar para outra data, se Deus quiser. Então agradeço a todos de Manaus pelo carinho e pela atenção, sabia que ia ser um movimento excepcional, mas vamos deixar para outra oportunidade".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários