Presidente Jair Bolsonaro ao lado de André Mendonça, indicado ao STF
Reprodução/Flickr
Presidente Jair Bolsonaro ao lado de André Mendonça, indicado ao STF

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou na tarde desta segunda-feira (12) que André Mendonça será indicado para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

A revelação foi feita por Bolsonaro após se reunir com o presidente do Supremo, Luiz Fux . Mendonça, citado pelo presidente sendo “terrivelmente evangelico”, irá substituir o magistrado Marco Aurélio Mello , que deixara o cargo apos 31 anos.

“Hoje nos devemos apresentar, sim, o nome do André Mendonça”, afirma.

“O André vem fazendo a peregrinação no Senado Federal, e na contagem dele, existe uma grande possibilidade de ser aceito. A Cada dia que se passa ganha mais adeptos”, completa o chefe do executivo, já que Mendonça precisa ser aprovado na sabatina do Congresso para exercer o cargo de ministro.

Bolsonaro revela ainda que pediu ao advogado que, uma vez por semana, comece as sessões do Supremo realizando uma oração :

“É um ministro que, pode ter certeza, ele é sim extremamente evangélico, ele e pastor evangélico, e eu só faço um pedido para ele, que uma vez por semana ele comece a sessão com uma oração. Tenho certeza que os demais ministros não vão se opor a isso, muito pelo contrário, vão se sentir com a alma muito mais leve”, afirma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários