O advogado criminalista Kakay
Arquivo pessoal
O advogado criminalista Kakay

Em artigo publicado neste domingo (04) no blog Fausto Macedo, do Estadão , o advogado Antônio Carlos de Almeida Carvalho, Kakay , criticou o recesso dos senadores em meio às investigações da CPI da Covid . Kakay afirmou esperar que o Senado tenha conseguido uma 'liminar para evitar mortes' no período de férias. 

Os senadores entram em férias nesta semana e só devem retomar os trabalhos em agosto, quando se encerra a comissão regimentalmente. No entanto, o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), entrou com pedido de prorrogação por mais 90 dias das investigações. 

"Respeitosamente, eu espero que o Senado tenha conseguido uma liminar para impedir qualquer morte durante esse período. Não sei bem quem teria esse poder, mas só assim é possível entender a interrupção dos trabalhos da CPI", escreveu Kakay. 

"Seria como parar um tratamento de um brasileiro infectado pela Covid. Um brasileiro na UTI. O Brasil está na UTI e o Senado sai de férias", concluiu. 

Você viu?

Nas últimas semanas, senadores têm sido pressionados a continuar os trabalhos durante o recesso após as denúncias de suposto esquema de corrupção em compra de vacinas. O deputado federal, Luis Miranda (DEM-DF), e seu irmão, Luis Ricardo Miranda, afirmaram que avisam o presidente Jair Bolsonaro sobre irregularidades na compra da Covaxin - imunizante indiano fabricado pela Barath Biontech.

Outra acusação investigada pela CPI, é um suposto pedido de propina pelo ex-diretor de logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias, à Luiz Paulo Dominguetti, que se diz representante da Davati Medical Supply no Brasil. Dominguetti afirmou ter tentado vender o imunizante da AstraZenica para a pasta, mas teria sido pedido propina de US$ 1 por dose comprada

Com as provas entregues aos senadores e a necessidade de detalhar a investigação para a população, Kakay defende a elaboração de um relatório parcial, exemplificando os possíveis crimes cometidos pelo governo federal. O documento seria entregue à Câmara e Procuradoria-Geral da República (PGR) para darem prosseguimento nas apurações. 

"O ideal seria um relatório parcial com a indicação técnica e pormenorizada dos crimes, especialmente os de responsabilidade, e o encaminhamento imediato para a Câmara, PGR e demais autoridades. Agora vamos cobrar resultado", disse. 

"Não se pode é, no intervalo da partida, um dos times pegar a bola e se retirar. Normalmente, quem faz isso é o dono da bola. No caso dessa CPI, o dono da bola é o povo brasileiro", ressaltou o advogado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários