Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Reprodução
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Alguns integrantes da cúpula da CPI da Covid  começaram a defender que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) entre para a lista de investigados pela Comissão. Os parlamentares cogitam pedir que o mandatário preste depoimento por escrito aos senadores. As informações foram apuradas pela CNN Brasil .

De acordo com a equipe jurídica que auxilia o relator Renan Calheiros (MDB-AL), o único impedimento da CPI em relação ao presidente é que ele seja convocado presencialmente. Segundo a avaliação, outras medidas, inclusive a investigação sobre possíveis omissões de  Bolsonaro no combate à pandemia podem ser adotadas pelos senadores.

Conforme a CNN , uma das preocupações dos parlamentares é garantir que o pedido não seja derrubado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), uma vez que seja aprovado.

Renan Calheiros disse, na última sexta-feira (18), que estuda incluir o presidente na lista de investigados. "Aparecendo fatos óbvios, como tem aparecido, a CPI vai ter que responsabilizar. Diante de provas, não há como não responsabilizar. Seria um não cumprimento do nosso papel", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários