Ex-governador do Estado do Rio de Janeiro Wilson Witzel
Eliane Carvalho
Ex-governador do Estado do Rio de Janeiro Wilson Witzel


O ex-governardor do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, iniciou seu  depoimento na Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da Covid-19 , nesta quarta-feira (16), fazendo uma explanação, na qual culpabilizou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelas quase 500 mil mortes pela doença no Brasil.

Wilson Witzel alegou que a narrativa criada por Jair Bolsonaro visava colocar a população contra o Estado e o Município, por adotar medidas restritivas durante a pandemia. O ex-governador afirmou que "se tivesse o governo federal adquirido os respiradores, se tivesse o governo federal liderado o combate a pandemia de forma séria e contundente" vidas poderiam ter sido salvas.

"Nós não conseguimos diálogo com o presidente, o presidente não dialoga comigo. Como é que se tem um país em que o presidente da República não dialoga com o governador do Estado? O presidente deixou os governadores á mercê da desgraça que viria".

Veja o vídeo:

Você viu?




Governador ainda completou dizendo que "o único responsável pelos 450 mil mortes que estão ai, tem nome, endereço, e tem que ser responsabilizado aqui e no tribunal penal internacional pelos fatos que praticou".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários