Senador Luis Carlos Heinze (PP-RS)
Wikimedia Commons
Senador Luis Carlos Heinze (PP-RS)

Nesta terça-feira (8), o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) disse, na CPI da Covid no Senado, que vai entrar com uma representação no Conselho de Ética contra o senador Luiz Heinze (PP-RS) por divulgar dados e informações falsas em suas falas na Comissão.


Desde o início das oitivas, Heinze vem defendendo o chamado "tratamento precoce" – com o uso de medicamentos como cloroquina e ivermectina, sem eficácia comprovada contra à Covid-19 – aliado à aplicação das vacinas. As falas e dados apontados pelo senador têm chamado a atenção dos usuários na internet.

O microbiologista Didier Raoult, que supostamente realizou um estudo provando que a hidroxicloroquina seria eficaz contra a doença, é mencionado por Heinze em quase todas as sessões. Durante o depoimento da infectologista Luana Araújo, ela perguntou ao senador se ele tinha conhecimento que Raoult tinha ganhado o "prêmio" Rusty Razor, e ele disse desconhecer.

O Rusty Razor, no entanto, é uma sátira da revista britânica "The Skeptic", já que o vencedor é considerado o pior promotor da pseudociência. Dessa maneira, ganha o prêmio quem propaga a desinformação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários