Eduardo Pazuello participou de ato pró- Bolsonaro em 23 de maio
O Antagonista
Eduardo Pazuello participou de ato pró- Bolsonaro em 23 de maio

O Centro de Comunicação Social do Exército informou nesta quinta-feira que arquivou o  procedimento administrativo que havia sido instaurado contra o ex-ministro e general da ativa Eduardo Pazuello por participar de um ato ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Em nota, o Exército informou que "não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do general".

No dia 23 de maio, Pazuello participou e discursou de um ato feito por Bolsonaro  após um passeio de moto no Rio de Janeiro. O procedimento administrativo foi aberto porque militares da ativa não podem se manifestar politicamente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários