Eduardo Girão (Podemos-CE)
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Eduardo Girão (Podemos-CE)

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) prestou solidariedade a jornalista Daniela Lima, da CNN Brasil após ser hostilizada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que a chamou de “quadrúpede”.

“Quero prestar minhas solidariedades a jornalista Daniela Lima, não merece esse tipo de tratamento de ninguém, está fazendo seu trabalho, por mais que você posa criticar o viés A ou B,  mas é injustificável tratar qualquer pessoa com hostilidade”, declarou o membro da CPI da Covid durante sessão desta quarta-feira (2).

O parlamentar, apoiador do governo federal , também usou a fala para criticar a postura de outros membros da Comissão em relação ao depoimento da médica Nise Yamaguchi na última terça(1):

“São dois pesos e duas medidas, quem está assistindo está vendo isso, não paro de receber mensagens. O que aconteceu ontem foi um show de incivilidade (...) o que a gente tem visto nessa CPI, não foi apenas com a Dra. Nise Yamaguchi, com vários outros depoentes, foi terrorismo, e isso quem tem o mínimo de sensibilidade não tolera esse tipo de coisa”.

A CPI ouve nesta quarta a médica Luana Araújo , que ficou apenas 10 dias na secretária do Ministério da Saúde, após não ter nomeação efetivada pelo governo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários