João Doria (PSDB), governador de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
João Doria (PSDB), governador de São Paulo


O governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (31) que “não fará objeção” caso seja escolhido pela CBF como um dos estados-sede da Copa América , que após ser suspensa na Argentina, será realizada no Brasil .

"O Governo de São Paulo não fará objeção caso a CBF defina São Paulo como um dos locais de jogos da Copa América, desde que os protocolos do Plano São Paulo sejam obedecidos”, diz o governo em nota oficial.

Em entrevista coletiva no início da tarde, o governador João Doria (PSDB) não confirmou se o estado paulista será escolhido como uma das sedes, já que os estádios já estarão ocupados por clubes em outras competições, como a Copa do Brasil e o campeonato brasileiro.

"A FPF [Federação Paulista de Futebol] tem cumprido rigorosamente os protocolos do Plano São Paulo. Os jogos aqui foram dentro desse protocolo, e não tivemos problema nem durante a realização e nem nos jogos finais". "Vamos aguardar as próximas etapas, mas nossa preocupação prioritária em São Paulo é preservar vidas", declarou o governador.

No último domingo (30), a Conmebol suspendeu o torneio de seleções sul-americanas que seria realizada na Argentina devido ao avanço da pandemia no país. Todavia, o Brasil, escolhido como nova sede, apresenta média móvel de mortes por Covid-19 próxima de 1900 por dia.

A Copa América terá início no dia 13 de junho, em um domingo, com a partida entre Argentina e Chile , em estádio a ser definido.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários