Além dos protestos, muitas homenagens foram feitas após a morte de George Floyd
Reprodução
Além dos protestos, muitas homenagens foram feitas após a morte de George Floyd

 O presidente dos Estados Unidos Joe Biden se encontrou nesta terça-feira (25) em uma reunião particular com familiares de George Floyd , morto em uma abordagem policial há exato 1 ano.

O encontro na Casa Branca ocorre em meio a um momento onde o Congresso americano é pressionado por diversos setores da sociedade a aprovar um projeto de lei que cria um registro nacional de más condutas e violência policial, além de revisar a condição de imunidade qualificada para policiais. Todavia, o projeto está paralisado no Senado.

Philonise Floyd, irmão de George disse que teve um “bom encontro” com o democrata, e elogiou o presidente : “Ele é um homem genuíno, sempre fala com o coração”, que pediu também pela aprovação do projeto, nomeado de “Ato de policiamento George Floyd”.

Em abril, o ex-policial Derek Chauvin foi considerado culpado pela morte de George. Na abordagem policial, o homem negro foi asfixiado com joelhos sobre seu pescoço por mais de 9 minutos e acabou vindo a falecer.

O caso fez eclodir protestos ao redor do mundo pedindo o fim da violência policial e a entoação do lema “ Black Lives Matter” (Vidas pretas importam).


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários