Marcos Rogério apresenta vídeo de governadores sobre cloroquina na CPI da Covid-19
Reprodução/redes sociais
Marcos Rogério apresenta vídeo de governadores sobre cloroquina na CPI da Covid-19


Governadores reagiram, nesta quinta-feira (20), à afirmação de senadores aliados do presidente Jair Bolsonaro, de que recomendaram cloroquina contra a Covid-19 . À Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da Covid-19 , o senador Marcos Rogério (DEM-RO) exibiu vídeos em que João Dória (SP), Flávio Dino (MA), Wellington Dias (PI) e Helder Barbalho (PA) diziam que o fármaco estaria à disposição da rede pública de saúde dos seus estados para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. As informações são do Estadão.

Segundo os governantes, as gravações são antigas, realizadas ainda no início da pandemia, quando se tinha esperança no surgimento de um fármaco contra o coronavírus. Entretanto a eficácia do remédio não foi comprovada cientificamente.

O governador do estado do Pará, Helder Barbalho, negou ser a favor do uso do medicamento nessa quinta-feira (20). “No início da pandemia, quando não se tinha informação pela doença e não havia estudos concretos , o Estado disponibilizou todos os remédios e condições para que os médicos decidissem qual deveria ser o tratamento. Logo que a comunidade médica internacional decidiu não tinha validade, o governo do Pará suspendeu qualquer tipo de distribuição para o tratamento da Covid” relatou.

Você viu?

O governador Flávio Dino também se posicionou contra o uso do medicamento não indicado ao tratamento da Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo o chefe de Estado, o vídeo é antigo, com mais de um ano da data da publicação.

“Em maio de 2020, a secretaria de Saúde emitiu um documento dizendo claramente que a cloroquina não era recomendada. E jamais orientei o uso do remédio. Atitude bem diferente de Bolsonaro. Único governante do planeta que resolveu empurrar o remédio à população”, disse Dino.

A estratégia de transferir a responsabilidade para os governadores do estado, tem sido uma válvula de escapa usada por aliados do Presidente da República, para esvaziar os questionamentos feitos durante a Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) sobre a condução do combate a pandemia por parte do Governo Federal .


A cloroquina é um medicamento muito utilizado no tratamento contra a malária. Entretanto, o medicamento não tem eficácia comprovada cientificamente no combate ao coronavírus, podendo causar até outros danos à saúde e efeitos colaterais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários