Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro
Carolina Antunes/PR
Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro

No segundo depoimento do ex-ministro Eduardo Pazuello à CPI da Covid no Senado, o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) questionou o general, novamente, sobre possível intervenção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Ministério da Saúde. O senador voltou a mencionar o tuíte feito no perfil oficial da pasta, em janeiro deste ano, anunciando a compra de vacinas contra a Covid-19 e excluído após encontro de Pazuello e Bolsonaro . O ex-ministro negou mais uma vez a interferência do mandatário.

Na ocasião, o senador questionou o general sobre as falas do presidente em relação à CoronaVac, no mesmo período em que a publicação foi excluída, na qual Bolsonaro diz não compraria "vacina da China". "Nós sabemos como é o nosso presidente da República. Ele fala de improviso, fala de pronto, essa é a verdade. Não podemos esconder o sol com a peneira. Esse é o presidente da República que foi eleito. Ele fala o que pensa e algumas coisas precisam ser corrigidas depois, algumas coisas precisam ser conversadas", disse Pazuello.

"Por isso que tem responsabilidade pela ação dele, ele é um chefe de Estado. Ele tem que saber o que ele vai falar. Se ele não tem controle sobre o que vai falar, que leia", respondeu Contarato .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários