Renan Calheiros, senador e relator da CPI da Covid
Jefferson Rudy/Agência Senado
Renan Calheiros, senador e relator da CPI da Covid

Após a interrupção do depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello , o senador e relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), disse que vai abrir um requerimento para que a comissão contrate uma agência de checagem de fatos online para "comprovar mentiras na hora que elas forem levantadas".

Segundo Calheiros, o depoimento de Pazuello foi "sofrível". "Ele fez um exercício para não responder às perguntas que foram colocadas. Quando as respondia, respondia com imprecisão(...) mentiu muito", disse o relator em coletiva de imprensa.

"Eu vou pedir amanhã que o presidente [Omar Aziz] contrate, pela Comissão Parlamentar de Inquérito, uma agência checadora de fatos, para que a gente tenha a negativa desses fatos online."

Calheiros reforçou que a CPI tem alta aprovação popular e enalteceu o papel das redes sociais na apuração dos fatos levantados nas sessões da comissão.

"Eu acho importantíssimo que, diante da prática da mentira, possamos contratar esses serviços (...) eu considero uma coisa fundamental. E a sociedade reage de uma forma incrível; ela está ali vendo o depoimento de cada um, não enxerga sinceridade naqueles depoimentos, e começam a cobrar que tenhamos um posicionamento", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários