Ernesto Araújo durante sessão da CPI da Covid nesta terça-feira (18)
reprodução/tv senado
Ernesto Araújo durante sessão da CPI da Covid nesta terça-feira (18)

Em sessão da CPI da Covid nesta terça-feira (18), a senadora Simone Tebet (MDB-MS) sugeriu que o depoente Ernesto Araújo fosse preso caso não se retratasse sobre a acusação que fez de que a senadora Kátia Abreu (PP-TO) teria cometido tráfico de influência em relação ao 5G da China.

Tebet leu as notas taquigráficas do senador Angelo Coronel, que solicitava retratação de Araújo e perguntou se o ex-ministro se arrepende de suas acusações. A senadora acusou o ex-chefe do Itamaraty de "crime de falso testemunho e calúnia".

"Vossa excelência teve a oportunidade de se retratar e não teve a humildade", disse.

Ernesto respondeu que o tema já está judicializado e que as testemunhas falarão em juízo para esclarecer o episódio . A resposta de Ernesto foi endossada pelo presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM).

À época, a acusação feita do Araújo contra Kátia Abreu foi um dos fatores que elevou a pressão pela sua exoneração do cargo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários