Renan Calheiros, relator da CPI da Covid
Jefferson Rudy/Agência Senado
Renan Calheiros, relator da CPI da Covid

O senador e relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), respondeu nesta quinta-feira (13) ao ataque feito por Jair Bolsonaro - que, em discurso feito hoje em alagoas, chamou o senador de "vagabundo". Renan disse que Bolsonaro defende "interesses próprios", mas reforçou que a CPI "não vai sucumbir a isso". 

"Se ele não respeita a CPI, por favor, pare com baixaria. Ele tem seus interesses e defende seus interesses próprios. Suas agressões são socos no ar. A CPI não vai sucumbir a isso, vai cumprir seu papel", disse Renan.

Calheiros ainda disse que Bolsonaro foi a Alagoas para inaugurar uma obra "já inaugurada", se referindo ao projeto de Renan Filho finalizado em dezembro de 2020.

"Acabo de ser informado que o presidente foi a Alagoas em avião presidencial inaugurar obra já inaugurada. E me atacar pessoalmente e atacar esta comissão parlamentar de inquérito."

"O que nos preocupa verdadeiramente é o número de mortes que aconteceram no Brasil. São mais de 428 mil vitimas", concluiu Renan.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários