Ciro Gomes (PDT)
Reprodução
Ciro Gomes (PDT)

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi fez uma análise do cenário eleitoral a partir dos resultados da pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quarta-feira (12), e em sua opinião, acredita que Ciro Gomes (PDT), irá enfrentar o ex-presidente Lula (PT) no 2º turno em 2022.

"Começa a se construir um segundo turno Lula versus Ciro. É algo que venho falando desde dezembro e que começa a ganhar corpo. Bolsonaro tende a derreter cada vez mais e a representar o espectro mais radicalizado da sociedade, do ódio, da discriminação da direita mais raivosa. Como Moro e Huck não devem ser candidatos, há um grande espaço para o crescimento do Ciro", declara.

Todavia, segundo os resultados apresentados da pesquisa, Ciro é apenas o 4º candidato mais citado por eleitores, com 6% das intenções. A frente dele está o ex-juiz federal Sergio Moro (sem partido), com 7%; o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com 23%; e na liderança, Lula (PT), com 41%.

Para Lupi, o petista também se beneficia por se opor a Bolsonaro, somado ao fato de ter os processos da Lava Jato anulados pelo Supremo Tribunal Federal ( STF ). Todavia, segundo o presidente do partido, há uma parcela significativa do eleitorado que é anti-Lula, o que pode beneficiar Ciro Gomes.

O partido trabalhista, contudo, trabalha para ter Ciro no 2º turno. O ex-marqueteiro do PT, João Santana , que liderou campanhas vitoriosas do partido para a presidência foi contratado.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários