Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, em depoimento à CPI da Covid
Jefferson Rudy/Agência Senado
Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, em depoimento à CPI da Covid

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga , disse em depoimento nesta quinta-feira (6) que é contrário à quebra de patentes de vacinas contra Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Nesta quarta-feira (5), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden , mudou sua posição inicial e anunciou apoio à suspensão geral da proteção das patentes.

"Em relação às vacinas, sou contra [a quebra de patentes]", afirmou Queiroga. "Meu temor é o de não termos condições, mesmo com a quebra da patente, de produzir essas vacinas aqui no Brasil. Como nosso programa está calcado em vacinas como a Pfizer, como a Janssen, isso [pode] interferir de maneira negativa no aporte de vacinas para o programa nacional de imunização", completou o ministro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários