Bruno Covas apresenta sangramento no estômago e é transferido para UTI
Foto: Reprodução/Internet
Bruno Covas apresenta sangramento no estômago e é transferido para UTI

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês neste domingo (2) e precisou ser intubado após ser diagnosticado com um sangramento no estômago.

De acordo com boletim médico divulgado nesta segunda-feira (3), o tucano foi internado para realizar exames de sangue, de imagens e endoscópico, com o objetivo de prosseguir o tratamento quimioterápico e imunoterápico.

Os exames, porém, demonstraram a hemorragia, que foi encontrada no mesmo local onde surgiu o primeiro tumor do prefeito. O sangramento, ainda de acordo com o comunicado, está sendo controlado com medidas de hemostasia local. O procedimento consiste na diminuição do fluxo sanguíneo e coagulação do sangue.

"O Prefeito Bruno Covas foi encaminhado para Unidade de Terapia Intensiva submetendo-se a intubação oro-traqueal e recebendo as medidas adequadas de suporte clínico", diz o boletim médico.

"O prefeito teve sintomas neste fim de semana próprios de quem recebe tratamento quimioterápico e imunoterápico. Ele teve náuseas, perspectiva de vômitos. Então, nós optamos por interná-lo para anteciparmos exames e para também avaliar a possibilidade do segundo ciclo de químio e imunoterapia", explicou o médico David Uip em entrevista à rádio CBN na manhã desta segunda-feira (3).


Covas havia sido internado no último domingo (2) para controlar os efeitos causados pelo tratamento de novos focos de câncer. Sua licença da prefeitura de São Paulo será de 30 dias e, durante esse período, seu vice  Ricardo Nunes (MDB) assumirá as funções do executivo municipal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários