Bolsonaro e Sarney se encontraram na última terça-feira (27)
Bolsonaro e Sarney
Bolsonaro e Sarney se encontraram na última terça-feira (27)

Pressionado pela instalação da CPI da Covid , Bolsonaro tem tentado se reaproximar do MDB, partido do qual faz parte o relator da comissão, Renan Calheiros. Na terça-feira (27), o presidente se reuniu com José Sarney, atendendo a apelos de seus aliados. As informações são do G1.

Antes, o presidente já havia ligado para o filho de Calheiros. Segundo Eduardo Braga, líder do MDB no Senado, os movimentos de Bolsonaro foram tentativas de "quebrar o gelo e abrir um canal de interlocução com o partido”.

Braga afirmou, ainda, que as tentativas de Bolsonaro por enquanto não convenceram a cúpula do partido.

Renan Calheiros disse, nesta sexta (30), em entrevista à Globonews,  que os sinais de Bolsonaro são contraditórios  – ora quer embate, ora tenta diálogo.

“Acho que são sinais trocados, evidentemente. Mas essa conversa com o presidente Sarney, o telefonema para o governador de AL são simbólicos também e demonstram, por outro lado, a possibilidade de que essa CPI avance com absoluta isenção", disse.

"Agora não sou mais o relator do presidente Omar Aziz, sou o relator da CPI, depois de duas decisões da Justiça, uma do STF, nunca tivemos dúvida com relação a isso porque a jurisprudência da suprema corte era farta com relação a isso”, prosseguiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários