Governador destituído do Rio de Janeiro Wilson Witzel
Eliane Carvalho
Governador destituído do Rio de Janeiro Wilson Witzel

Destituído oficialmente do cargo de governador do Rio de Janeiro  nesta sexta-feira (30), Wilson Witzel disse ser “revoltante” o resultado que culminou no seu impeachment.

Após a decisão do Tribunal Especial Misto, formado por cinco deputados estaduais e cinco desembargadores, Witzel, que também perdeu seus direitos políticos por 5 anos, se pronunciou pelas redes sociais.

Confira o tuíte:


O ex-juiz federal, que disputou sua primeira eleição em 2018, também usou a publicação para criticar o ex-secretário de Saúde, Edmar Santos, o qual chamou de “delator que escondia 10 milhões (de reais) no colchão”. Além disso, comparou um dos membros do tribunal com um membro do grupo terrorista Estado Islâmico.


Afastado do cargo desde o ano passado, Witzel é acusado de crime de responsabilidade e de irregularidade nos contratos referentes a hospitais de campanha durante a pandemia da Covid-19.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários