João Doria (PSDB), governador de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
João Doria (PSDB), governador de São Paulo

O vice-líder do governo no Senado, Marcos Rogério (DEM-RO), quer convocar o governador de São Paulo, João Doria , adversário político do presidente Jair Bolsonaro, para prestar esclarecimentos na CPI da Covid . O requerimento deve ser apresentado formalmente nesta quarta-feira, um dia após a instalação do colegiado, e precisa ser aprovado pela maioria dos membros para ter validade.

Além de Doria, Marcos Rogério possui outra solicitação para ouvir o médico infectologista David Uip, coordenador do comitê de Saúde de São Paulo.

Você viu?

Em alinhamento com a estratégia do Planalto de focar a atuação nos estados e municípios, o senador incluiu pedidos de oitivas com outros três governadores, Wilson Lima, do Amazonas; Rui Costa, da Bahia; e Helder Barbalho, do Pará. O último é filho do senador Jader Barbalho (MDB-PA), suplente na CPI, cuja participação é alvo de ação dos governistas no Supremo Tribunal Federal ( STF ).

Desde o início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro tem criticado a gestão de Doria, a quem já chamou de 'bosta' durante reunião ministerial em abril do ano passado. Há cerca de duas semanas, o presidente se referiu ao governador de São Paulo como "patife" e voltou a criticar as medidas restritivas impostas por ele no Estado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários