Luiz Eduardo Ramos, ministro da Casa Civil do governo Jair Bolsonaro
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Luiz Eduardo Ramos, ministro da Casa Civil do governo Jair Bolsonaro

O ministro da Casa Civil de Jair Bolsonaro (sem partido) general Luiz Eduardo Ramos , disse nesta terça-feira (27) que tomou vacina contra Covid-19 'escondido' por orientação do Planalto. A confissão foi feita na reunião do Conselho de Saúde Suplementar, a qual o ministro não sabia que estava sendo gravada e divulgada em tempo real.

“Tomei [vacina] escondido, né, porque a orientação era... (inaudível). Como qualquer ser humano, eu quero viver, pô. Se a ciência e a medicina tá (sic) dizendo que é a vacina, né, Guedes , quem sou eu para me contrapor? Estou envolvido pessoalmente, tentando convencer o nosso presidente. Nós não podemos perder o presidente para um vírus . A vida dele, no momento, corre risco, ele tem 65 anos”, disse o general Ramos.

Minutos depois, o ministro da Economia, Paulo Guedes, foi informado que a reunião estava sendo gravada, e pediu para que ela não fosse veiculada.

“Só não manda para o ar por favor”, disse. A transmissão ao vivo foi encerrada logo depois.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários