Bolsonaro quer conversar com membros do Tribunal de Contas da União para prestar contas de ações do governo durante a pandemia
O Antagonista
Bolsonaro quer conversar com membros do Tribunal de Contas da União para prestar contas de ações do governo durante a pandemia

Após ouvir o 'não' de alguns dos nove ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) para um café da manhã nesta terça-feira (27) , Bolsonaro mudará o formato do convite e chamará a Corte para um encontro por videoconferência . As informações são da jornalista Mônica Bergamo , da Folha de S. Paulo.

Mudando o formato, Bolsonaro tenta evitar um fiasco que já se desenhava, já que apenas quatro dos nove ministros haviam confirmado presença no encontro promovido pelo presidente.

A intenção de Bolsonaro é prestar contas ao TCU sobre as ações de combate à Covid-19 antes da CPI ser instalada, o que ocorrerá também na terça-feira.

O TCU já tem abastecido senadores com os relatórios de investigação sobre a gestão do governo federal, apontando uma série de problemas.

Você viu?

A recusa dos ministros para um encontro presencial seria motivada pela aglomeração que seria causada no Planalto. Além disso, segundo a Folha, membros da Corte acreditam que um café da manhã criaria um ambiente de congraçamento no momento em que o TCU fiscaliza os erros do Planalto na gestão da crise sanitária.

Como a reunião será por videoconferência, a expectativa é de que todos os ministros do TCU estejam presentes.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários