Ministros do TCU recusam convite de Bolsonaro para tomar café da manhã
Reprodução/Flickr
Ministros do TCU recusam convite de Bolsonaro para tomar café da manhã

O presidente da República,  Jair Bolsonaro (sem partido), convidou nove ministros do Tribunal de Contas da União para um café da manhã na próxima terça-feira (27). O evento, porém, pode ser um 'fiasco', pois apenas três deles confirmaram presença. As informações são da jornalista Mônica Bergamo .

A intenção do Planalto era reunir sete ministros de Bolsonaro e o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, junto aos ministros do TCU para abrir um diálogo entre as partes no dia em que o Senado irá instalar a CPI da Covid.

Quatro ministros convidados não devem comparecer. Outros dois não responderam ao convite, mas tendem a seguir os colegas e recusar a solicitação.

Ana Arraes, presidente do tribunal, já confirmou que não comparecerá ao café da manhã. O vice-presidente do órgão, Bruno Dantas, e os ministros Vital do Rêgo e Benjamin Zymler, também não devem aceitar o convite.


A principal justificativa seria de que o momento não permite aglomerações e, por isso, não seria possível dar um mau exemplo à população. Há o incômodo, ainda, com o oferecimento do governo Bolsonaro a Raimundo Carreiro, um dos ministros, para que ele assuma uma embaixada no exterior e abra, assim, uma vaga para que o presidente possa indicar um aliado do governo para seu lugar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários