Marco Aurélio de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)
Fellipe Sampaio/SCO/STF
Marco Aurélio de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)

O ministro Marco Aurélio Mello , do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta segunda-feira (12) que o pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) feito ao senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) para que sejam abertos de impeachment de integrantes da Corte "deixa a todos perplexos". A declaração foi dada à coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo .

"Em tempos estranhos nada surpreende, deixa a todos perplexos", disse Marco Aurélio ao comentar conteúdo de conversa divulgada pelo próprio senador entre ele e Bolsonaro.

A ligação foi gravada por Kajuru no sábado (10) e divulgada neste domingo (11). Nela,  Bolsonaro e o senador conversam sobre a decisão monocrática (individual) do ministro Luís Roberto Barroso que ordenou que o Senado abrisse uma CPI da pandemia para investigar as ações do governo no combate à Covid-19.

Ao manifestar seu descontentamento com a criação da comissão por ela ter foco no governo federal, Bolsonaro diz que teria que "fazer do limão uma limonada".

Em outro trecho do diálogo, Bolsonaro sugere a pressão sobre o STF com pedidos de impeachment contra ministros. "Tem de peticionar o Supremo para colocar em pauta o impeachment (de ministros) também", afirmou o presidente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários