Luís Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)
Carlos Moura/SCO/STF
Luís Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)

O ministro Luís Roberto Barroso , do  Supremo Tribunal Federal (STF), se pronunciou sobre os ataques recebeu do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e disse que desempenha o papel de magistrado com "seriedade, educação e serenidade".

Barroso ordenou nesta quinta-feira (8) que o Senado abra um CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar as ações e eventuais omissões do governo federal no combate à pandemia da Covid-19 .

O ministro reagiu no início da tarde desta sexta-feira (9) depois de aula na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), onde é professor.

"Na minha decisão, limitei-me a aplicar o que está previsto na Constituição, na linha de pacífica jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, e após consultar todos os ministros. Cumpro a Constituição e desempenho o meu papel com seriedade, educação e serenidade. Não penso em mudar", afirmou Barroso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários