Presidente Jair Bolsonaro
Reprodução: ACidade ON
Presidente Jair Bolsonaro

Nesta quinta-feira (08), o presidente Jair Bolsonaro declarou em cerimônia com presença de oficiais-generais do Exército , que o atual governo federal age “dentro das linhas da Constituição” e que não pode permitir que alguém saia desse balizamento. As informações foram apuradas pelo Metrópoles.

“O nosso Exército, de tradição, de respeito e de orgulho, bem como reconhecido por toda a nossa população, representa para o nosso Brasil uma estabilidade. Nós atuamos dentro das quatro linhas da nossa Constituição. Devemos e sempre agiremos assim. Por outro lado, não podemos admitir quem porventura queira sair deste balizamento”, disse presidente em discurso.

Bolsonaro depois fala, sem citar diretamente a pandemia do novo coronavírus , de que os momentos estão complicados e a fase é imprecisa. “Os momentos são difíceis. Vivemos uma fase um tanto quanto imprecisa, mas temos a certeza, pelo nosso compromisso, pela nossa tradição: sempre teremos como lema a nossa bandeira verde e amarela e a nossa perfeita sintonia com os desejos da nossa população. Assim agiremos”, declarou.

O presidente já havia ressalto nos últimos dias de que estaria atuando nas limitações impostas pela Constituição e acusou outras autoridades de não estarem cumprindo com que deveriam.

Bolsonaro estava presente na cerimônia de promoção de oficiais-generais do Exército, com o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) e dos ministros da Defesa, Walter Braga Neto, do Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e Luiz Eduardo Ramos, da Casa Civil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários