Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sofreu atentado em setembro de 2018 em Juiz de Fora
undefined
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sofreu atentado em setembro de 2018 em Juiz de Fora

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido)  pediu ao novo diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino que voltasse  investigar o caso da facada desferida por Adélio Bispo durante campanha eleitoral em 2018. As informações são da CNN Brasil.

Bolsonaro se encontrou com o delegado Maiurino ainda na semana passada, antes mesmo de ser nomeado pelo ministro da Justiça, Anderson Torres ao cargo.

Segundo relatos de interlocutores, o presidente teria dado autonomia de atuação a Maiurino, mas pediu que ele investigasse a tentativa de assassinato sofrida por ele em setembro de 2018, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

A Polícia Federal já realizou dois inquéritos relacionados ao caso. Em um deles, Adélio foi classificado com transtorno mental e teria agido sozinho, sendo transferido para um hospital psiquiátrico.

O  segundo inquérito foi arquivado provisoriamente até que o Supremo Tribunal Federal ( STF ) decida pela aprovação de buscas no escritório de advocacia que representou Adélio no caso.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários