Ex-presidente Lula tomando a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus
Reprodução/ Facebook
Ex-presidente Lula tomando a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus

Nesta sábado (03), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomou a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus, em São Bernardo do Campo, em São Paulo. Lula já havia tomado a primeira dose do imunizante no dia 13 de março. As informações foram apuradas pelo Metrópoles.

O petista teve direito a segunda dose por ter 75 anos e se encaixar no grupo prioritário da vacina. O momento em que recebeu o imunizante foi transmitido em sua conta no Facebook.

O ex-presidente já saiu em defesa da vacina em inúmeras ocasiões. Um exemplo, foi antes mesmo de tomar a primeira dose da vacina, ele pediu para que as pessoas não seguissem  “nenhuma decisão imbecil do presidente da república ou do ministro da saúde”. “Tome vacina”, disse ele em ocasião.

Data em que Lula toma sua segunda dose, coincide com o dia em que o atual presidente, Jair Bolsonaro pode tomar sua primeira dose da vacina contra a Covid-19 . Ação pode acontecer neste sábado (03).

Existe uma expectativa para a vacinação de Bolsonaro pelo seu discurso negacionista contra a vacina. O presidente teve comentários seus repercutidos em que desencoraja a população a se vacinar em pelo menos 20 ocasiões. Sendo que em uma dessas ocasiões, disse que quem tomasse a vacina poderia virar jacaré.

O Brasil já passou da marca de 328,2 mil óbitos pelo novo coronavírus e tem cerca de 12,9 milhões de pessoas infectadas, segundo os dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Na sexta-feira (02), o país passou de 3 mil mortes diárias. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários