Ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF)
Rosinei Coutinho/SCO/STF
Ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF)

O ministro Luiz Fux , presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), recebeu nesta sexta-feira (2) a primeira dose da vacina contra a Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). A informação é da TV Globo.

Fux tem 67 anos e foi imunizado na sede do Museu da Justiça, no Centro Cultural do Poder Judiciário (CCMJ), no Centro do Rio de Janeiro.

O posto de vacinação onde o ministro recebeu a vacina foi aberto na última terça-feira (30), em uma parceria entre o Tribunal de Justiça do Rio e a Prefeitura do Rio.

Fux chegou ao local por volta de 13h30 e enfrentou a fila para receber sua dose do imunizante.

Você viu?

Após a vacina, o ministro defendeu que todos devem se vacinar. "Há um momento muito importante em que nós devemos nos unir para cuidarmos um dos outros e, acima de tudo, conscientizar toda a sociedade que se ela pretende ter esperança, efetivamente, devemos nos vacinar todos", disse.

O ministro Luiz Fux também enfatizou a importância de homens públicos darem o exemplo da vacinação e exaltou a ciência.

"Eu queria dizer que hoje é um dia importante, porque, na qualidade de homem público, eu transmito exemplo de ter tomado a primeira dose da minha vacina. Nós, do Judiciário, temos uma profunda deferência à ciência, por isso é que dizemos sim à ciência e não à morte; sim à vida e não à morte."


Por fim, o presidente do STF também lembrou aqueles que perderam a vida durante a pandemia e se solidarizou com familiares. "Então como se trata de um momento de fé eu queria dizer aos senhores, a todos os seus familiares e a toda sociedade brasileira uma feliz Páscoa, mercê de me solidarizar com os mais de 300 mil brasileiros que perderam seus pais, irmãos, filhos, enfim, nossa solidariedade perene."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários